quarta-feira, 7 de julho de 2010

GLOBO: MUITO ALÉM DO CIDADÃO KANE

Muito além do Cidadão Kane

"No dia 10 de março de 1993 foi emitido no canal britânico Channel 4, um documentário intitulado "Brasil: Muito Além do Cidadão Kane". O diretor do documentário, Simon Hartog, apresenta o empresário Roberto Marinho (1904-2003) como um exemplo alarmante da concentração de poder da imprensa do Brasil — daí a referência do título à personagem de Orson Welles no filme Cidadão Kane, que por sua vez faz alusão direta ao magnata das comunicações dos Estados Unidos, William Randolph Hearst.
Como o documentário mostra, o domínio crescente da TV Globo na imprensa brasileira envolve contratos ilegais com empresas estrangeiras, um apoio incondicional aos governos ditatoriais no Brasil e tudo o que estiver a seu alcance para garantir seus interesses — o que inclui até a manipulação de debates políticos para eleger o governo, como ocorreu no caso Collor de Mello. Mais do que isso, o filme explica como funciona a política brasileira de comunicações e os critérios arbitrários pelos quais se concedem e renovam as concessões de canais de televisão e rádio.
Para ser exibido na televisão ou repoduzido em vídeo o documentário precisaria da autorização da rede Globo, uma vez que muitas imagens apresentadas eram da própria Globo. Desnecessário dizer que esse documentário nunca foi exibido na televisão. Como era de se esperar, a Globo se recusou a ceder os direitos de exibição de suas imagens" (Matheus Silva - http://criticanarede.com/kane.html).


DEPOIS DE ASSISTIR AO DOCUMENTÁRIO, CITE TRÊS FATOS APRESENTADOS PELO DOCUMENTÁRIO QUE MOSTRAM A AÇÃO NOCIVA DA GLOBO À SOCIEDADE BRASILEIRA NO DECORRER DA SUA HISTÓRIA. A SEGUIR, ESCREVA UM MENSAGEM QUE VOCÊ GOSTARIA DE ENVIAR À GLOBO, DEPOIS DE CONHECER OS FATOS APRESENTADOS PELO DOCUMENTÁRIOS

IDENTIFIQUE-SE COM O SEU NOME E TURMA.

SE NECESSÁRIO, ASSISTA NOVAMENTE AO DOCUMENTÁRIO:
PARTE1

PARTE2

PARTE3

PARTE4

DIREITO DE RESPOSTA À GLOBO CONCEDIDO PELA JUSTIÇA A LEONEL BRIZOLA